GLOBO RURAL: Revista destaca investimentos das cooperativas do PR em industrialização

 em Clipping, Cooperativismo

A edição nº 31 da revista Globo Rural, elaborada especialmente para o 23º Show Rural Coopavel, ocorrido entre os dias 07 e 11 de fevereiro, traz uma reportagem destacando os investimentos das cooperativas do Paraná em agroindustrialização. A matéria, de autoria do jornalista Valtermir Soares Jr., começa mostrando os avanços alcançados pelo setor nos últimos dez anos, seja no aumento de cooperativas, expansão no número de cooperados e no faturamento anual. “A participação das cooperativas na economia do estado pode ser sentida também nas exportações (de R$ 633,8 milhões para R$ 1,65 bilhão), na arrecadação de impostos (de R$ 412,8 milhões para R$ 1,1 bilhão) e na oferta de empregos diretos (as vagas ocupadas subiram de 27,3 mil para 63,5 mil)”, diz a reportagem, ressaltando que o horizonte se mostra mais promissor ainda para o setor se forem considerados os aportes de investimentos planejados para 2011, no valor de R$ 1,3 bilhão, sendo que a maior parte – R$ 900 milhões – será destinada a projetos agroindustriais.

Estabilidade – A matéria lembra ainda que, por meio do processamento da matéria-prima fornecida pelos cooperados, as cooperativas do Paraná aumentam a renda dos agricultores, ganham competitividade e se protegem da oscilação de preço das commodities. “A oferta de produtos com maior valor agregado, assim como o crescimento da atuação no mercado, possibilitou que tivéssemos mais estabilidade e segurança em apoiar ações de trabalho de nossos associados”, afirma o presidente da Ocepar, João Paulo Koslovski, na reportagem. A revista traz como exemplos os investimentos feitos pela Cocari, de Mandaguari, no valor de R$ 115 milhões destinados à implantação de um complexo de processamento de aves. Mostra ainda que a Batavo, de Carambeí, está aplicando R$ 40 milhões na construção de um novo laticínio em Ponta Grossa, com capacidade de processar 400 mil litros por dia de leite. Traz ainda informações sobre os R$ 300 milhões que a Frimesa, de Medianeira, pretende investir até 2016, quando deverá finalizar um dos maiores projetos de industrialização de suínos do Paraná. A matéria sobre os investimentos das cooperativas também é ilustrada com a iniciativa da Coopavel, de Cascavel, que, preocupada em encontra um canal de escoamento para o trigo, está construindo um moinho, cujos investimentos deverão somar R$ 33 milhões até 2012, e que terá capacidade de processar 400 toneladas de trigo por dia.

Confira na íntegra a reportagem em:
Ocepar – Organização das Cooperativas do Estado do Paraná

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt