Lições de quem já está ‘jogando verde’ em Londres

 In Clipping, Sustentabilidade

Pelo menos em termos de sustentabilidade e respeito ao Meio Ambiente, os cariocas terão sucesso se conseguirem fazer das Olimpíadas de 2016 um evento “para inglês ver”. Desde o início de seu planejamento, em 2003, os Jogos Olímpicos de Londres, deste ano, tiveram como meta causar o mínimo de impacto possível na natureza e, se possível, recuperar áreas com o solo degradado.

Os organizadores das Olimpíadas de Londres, que começam dia 27 de julho, fizeram questão de usar os jogos como instrumento para o plano de desenvolvimento sustentável da cidade até 2050. Para isso, tiveram como estratégia reciclar água e material usados em construções; só erguer instalações que pudessem ser usadas pela cidade depois; e aproveitar estruturas já construídas. Um estádio novo de natação, por exemplo, terá 15 mil de seus 17,5 mil lugares desmontados após o término dos jogos, porque a cidade não vai utilizá-los no futuro. Redução semelhante acontecerá numa arena de basquete.

 

Para ler na íntegra, clique aqui.

Recommended Posts

Leave a Comment

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text. captcha txt