Bayer CropScience leva cotonicultores brasileiros aos Estados Unidos

 em Clipping

A Bayer CropScience organizou um encontro entre um grupo de produtores e consultores brasileiros com a equipe técnica da multinacional nos Estados Unidos, durante o Congresso Americano do Algodão – Beltwide, em Orlando, na Flórida.

O objetivo foi apresentar o processo de certificação FiberMax®, já disponibilizado pela empresa aos produtores e indústria americanos. “Este será o próximo passo do Programa Qualidade Algodão, lançado no Brasil em 2011”, explica Fernando Prudente, gerente de Cultura Algodão da Bayer CropScience.

Produtores inseridos no programa que utilizarem sementes FiberMax® serão acompanhados pelas equipes da Bayer CropScience do plantio à comercialização, oferecendo a qualidade que o mercado requer, obtendo o reconhecimento da indústria e, consequentemente, o diferencial em rentabilidade. “Consideramos a iniciativa da Bayer CropScience de suma importância para a cadeia produtiva.

A Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (ABRAPA) compartilha com a empresa o conceito de que investir em qualidade resultará em uma oportunidade para que o mercado nacional possa ser respeitado mundialmente e consiga concorrer lado a lado com países como os Estados Unidos e a Austrália”, afirma Sérgio De Marco, presidente da ABRAPA e produtor rural do Grupo BDM.

O Programa Qualidade Algodão da Bayer CropScience foi estruturado de acordo com as necessidades de cada produtor. Sua essência é incentivar a busca pela alta qualidade da fibra, viabilizar soluções inovadoras para o controle de pragas e doenças, fornecer acompanhamento e apoiar os produtores na obtenção de lavouras com mais vigor, potencial produtivo e lucratividade ao final da safra.

 

Fonte:

Bayer CropScience 

 

Leia também em:

Agronegócios Solução

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt