Rabobank ressalta oportunidades para o etanol brasileiro nos EUA

 em Clipping

O etanol brasileiro poderá conquistar uma fatia importante do mercado americano nas próximas décadas, de acordo com o relatório “The Future of Ethanol” divulgado no início de março pelo departamento de Pesquisa em Alimentação & Agronegócio do Rabobank. O documento de 14 páginas afirma que o fim da tarifa de importação de US$ 0,54 imposta pelos Estados Unidos ao produto brasileiro por mais de 30 anos, além da existência de um mandato para a utilização de combustíveis renováveis nos EUA, constituem um cenário favorável à comercialização do etanol de cana naquele país.

“Acreditamos que a abolição desta tarifa nos EUA representa uma oportunidade significativa para a indústria da cana do Brasil a médio e longo prazos,” enfatiza Andy Duff, chefe da área de Pesquisa em Alimentação & Agronegócio do Rabobank no Brasil.

Na opinião do presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), Marcos Jank, além da abertura das fronteiras americanas, a luta pela redução das emissões de gases de efeito estufa (GEEs) representa outra vantagem para o etanol de cana. “O que conta é o baixo uso de energia fóssil para produzir a mais elevada quantidade de energia renovável possível, algo que a cana faz melhor do que qualquer outra matéria-prima,” explica.

 

Para ler na íntegra, clique aqui. 

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt