Cooperativa Paranaense de Turismo inova com experiências vivenciais

 In Clipping

O Paraná oferece variadas opções de turismo. Uma delas foge aos padrões oficiais, já que os pacotes têm duração de cinco a sete dias (até aí, tudo normal), mas são destinados a grupos de duas a no máximo vinte pessoas (aí sim é legal, já que evita aquele clima chato de grandes excursões).

A Cooperativa Paranaense de Turismo (Cooptur) criou a Expedição Paraná, que oferece experiência vivencial em três eixos: cultural, histórico e natural, que percorrem o Estado de Leste a Oeste.

“O cooperativismo nós dá a vantagem de customizar os roteiros de uma maneira muito peculiar e particular, pois os principais pontos turísticos ou atrações, restaurantes e hotéis são nossos cooperados”, comenta o vice-presidente da Cooptur, Márcio Canto de Miranda.

Um dos eixos tem foco no Rio Iguaçu. O passeio começa em sua nascente (Curitiba) e termina em Foz do Iguaçu. O roteiro tem possibilidades de estadias em estações termais, navegação por mais de 80 quilômetros, visita às barragens e até mesmo a uma mina de extração de ametista na Argentina.

Outra possibilidade se dá com foco nas etnias europeias que compõem o Estado, destacando sua cultura e culinária. O roteiro é composto pelos alemães-russos de Witmarsum, os holandeses dos Campos Gerais, os eslavos de Prudentópolis e os alemães de Entre Rios.

“Temos ainda o eixo das belezas naturais e de esportes radicais, onde temos diversas opções”, destaca Márcio. Esta possibilidade inclui as belezas da mata atlântica na serra do mar, o Parque Estadual de Vila Velha, o Parque Estadual do Cerrado, o Parque Nacional do Iguaçu e atividades como rafting, treking e tirolesa, entre outros.

 

Fonte:

EASYCOOP

Recommended Posts

Leave a Comment

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text. captcha txt