Encontros aceleram o Plano Nacional de Cooperativismo Solidário

 In Clipping, Cooperativismo

Representantes de associações e entidades de agricultura familiar das regiões Sul e Sudeste do Brasil participaram do 1º Seminário Regional sobre Cooperativismo Solidário da Agricultura Familiar, para avaliar diversidades regionais e demandas do setor. O evento foi realizado entre os dias 12 e 14 deste mês, em Santa Maria (RS), pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e o Instituto de Estudos e Assessoria ao Desenvolvimento (Ceades). Este foi o primeiro de quatro encontros, promovidos em todas as regiões brasileiras, para fortalecer o cooperativismo.

Para o coordenador de apoio às organizações associativas do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Luís Fernando Tividini, os trabalhos em grupo apontaram diversas sugestões para a formulação de um texto base do cooperativismo da agricultura familiar. “O material servirá de subsídio para a II CNDRSS. Encontros como este conseguem produzir inúmeras proposições para o avanço do cooperativismo solidário no Brasil”, destacou.

Os seminários regionais que serão realizados ao longo deste ano servirão como preparativo para a II Conferência Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (CNDRSS), prevista para 2013. As cooperativas querem reforçar na Conferência a relevância do trabalho cooperado. Para isso, vão formular o Plano Nacional de Cooperativismo Solidário. Segundo o presidente da União Nacional de Cooperativas da Agricultura Familiar (Unicafes), Luiz Adenir Possamai, os debates do primeiro seminário mostraram que mesmo em locais próximos, ainda há muito diferença na organização das cooperativas.

“Foi o nosso primeiro debate e o consideramos fundamental para criar interação e abrir espaços de diálogos. Mesmo lado a lado, as regiões Sul e Sudeste possuem diversidades. Por isso, essa troca de experiência é tão imprescindível. Com isso, vamos aperfeiçoar nossa metodologia”, explicou Possamai.

O presidente da Unicafes ainda ponderou sobre os resultados das políticas públicas voltadas para o setor. “O MDA é um forte apoio, principalmente pela execução de iniciativas tão eficazes para o desenvolvimento das cooperativas, como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) e o Pronaf”, disse.

Para ler na íntegra, clique aqui. 

Recommended Posts

Leave a Comment

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text. captcha txt