Parque Histórico de Carambeí está entre os três museus mais visitados do Estado

 In Destaque, Noticias

 

_MG_9257

Em sete meses o número de visitas no museu a céu aberto supera a visitação de 2014.

O maior museu histórico a céu aberto do Brasil, Parque Histórico de Carambeí, de janeiro a julho deste ano obteve um desempenho superior aos anos anteriores. A visitação superou a de 2014, quando a instituição encerrou o ano com 48 mil visitas, até o mês de julho de 2015 cerca 52 mil pessoas visitaram o museu.

O museu a céu aberto se consolidou como uma das grandes alternativas culturais da região, até mesmo do Estado, atualmente é um dos três museus mais visitados do Paraná e figura em primeiro lugar no ranking com a tipologia de museus históricos. “O número de visitantes em museus é crescente, isso se deve principalmente ao fato de que museus se tornaram instituições mais democráticas, abertas ao diálogo e mais próximas do público. O museu como parte integrante do cotidiano do brasileiro é um processo muito recente, o público que os visita descobriu na experiência cultural uma alternativa de lazer prazerosa, isso é extremamente positivo, tanto para o setor, quanto para a sociedade como um todo”, avalia Felipe Pedroso, o historiador do Parque Histórico.

O conceito de que museu é lugar de ‘coisa velha’ é um rótulo que vem se modificando. No Parque Histórico este estereótipo está se transformando em virtude ao trabalho realizado pelo corpo técnico multidisciplinar da instituição que tem preparado atividades constantes para fomentar a visitação e tornar o espaço dinâmico. As ações tornam o museu vivo e a resposta vem do público com o aumento do número de visitantes no museu.

A turismóloga Ana Cristina Siqueira relata os benefícios que um atrativo de turismo cultural em expansão traz para a região em que está inserido. “O Parque Histórico, além de preservar a memória dos pioneiros no município, gera conhecimento por meio do intercâmbio cultura que acontece na troca de experiências entre o turista com a comunidade. O aumento de visitantes na instituição proporciona a Carambeí desenvolvimento econômico, geração de renda e empregos”, explica.

Cresceu o número de turistas no município com o intuito de conhecer o Parque Histórico, o que beneficiou o setor hoteleiro. “Hoje atendemos duas categorias de turistas, que são: turismo de negócios e o turismo cultural. Nosso estabelecimento por questões de infraestrutura era destinado ao turismo de negócios, mas temos conquistado uma nova categoria de turistas interessados em conhecer a história e a cultura dos imigrantes no município. A valorização da nossa cidade e região somou a decisão de ampliarmos o hotel”, conta Milenne Pontes Wolthuis, proprietária do Hotel de Klomp.

 

Recommended Posts

Leave a Comment

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text. captcha txt