O delicado e peculiar Stroopwafel holandês

 In Destaque

Possivelmente o stroopwafel tem sua origem na cidade holandesa de Gouda, onde eles foram assados pela primeira vez em 1784. A história diz que um padeiro fez um experimento com uma massa de migalhas de bolo que ele prensou numa chapa de ferro e em seguida despejou calda de caramelo. Com um sabor delicado e peculiar, a receita só pode ser realizada por conta do mercantilismo adotado pelos holandeses, das especiarias asiáticas fez-se a mistura da massa e do cultivo da cana-de-açúcar do Suriname, uma de suas colônias, pode-se produzir o caramelo.

Este possivelmente tenha sido então, o primeiro stroopwafel feito na história, que rapidamente se tornou imensamente popular. Em torno do século XIX dezenas de padarias adotaram a iguaria como especialidade e no século XX os waffles eram produzidos em larga escala industrial para consumo interno e exportação.

jonker

O famoso doce chegou em Carambeí e região em 1948 pelo padeiro holandês Gerard Ellinus Jonker, que abriu sua padaria na então Colônia Carambehy. Sua família herdou a técnica e a tradição, resistiu a tecnologia e a produção em larga escala, na atual fabrica de Bolachas Holandesas Jonker procuraram manter as mesmas técnicas de produção que eram usadas na época de sua fundação. E como o stroopwavel ganhou popularidade por meio de feiras e festivais pelas cidades da Holanda, não poderia ser diferente por aqui, a Jonker estará presente no Festival Gastronômico Sabores do Mundo, representando o paladar neerlandês com as tradicionais bolachas recheadas com caramelo feitas na hora.

Recommended Posts

Leave a Comment

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text.