Alimentação medieval será discutida em evento no Parque Histórico

 In Destaque, Feira Medieval, Noticias

Cultura alimentar da Idade Média será tema de workshop realizado durante Feria Medieval no museu.

A Feira Medieval do Parque Histórico de Carambeí, que acontecerá no final de semana dos dias 18 e 19 de novembro, será um evento lúdico que busca mexer com o imaginário do público sobre a Idade Média e contará com uma programação extensa. Entre as atividades do evento, no domingo (19) às 17h, acontecerá o workshop Sabores e saberes à mesa: a cultura medieval e suas múltiplas perspectivas, ministrada pelo mestre em história pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) e membro do Núcleo de Estudos Mediterrânicos da UFPR Renato Toledo Amatuzzi.

Com a apresentação do workshop, o pesquisador buscará desmistificar o imaginário do público sobre a cultura alimentar medieval e as relações estabelecidas entre as pessoas e o que elas comiam. “A Idade Média é um período bastante injustiçado da História e, infelizmente, cercado de preconceito e imagens equivocadas da época. No campo alimentar e também médico há riquezas de saberes acerca da dietética e tratamentos de saúde envolvendo alimentos e preparo de pratos. Existe uma ampla variedade de invenções culinárias que afastam o período daquela imagem negativa, de fome, miséria e pouca diversidade alimentar”, explica.

Renato dedicou muitos anos para estudar a temática e possui uma vasta gama de fontes que utilizou como embasamento em sua pesquisa, títulos que obteve durante viagens, pesquisas realizadas em museus, livros adquiridos em sebos, entre outros. O estudioso da história da alimentação na Idade Média relata que comer durante esse período era muito mais que uma necessidade biológica, matar a fome. “Mostrarei mitos e verdades sobre a alimentação da época por meio de fontes produzidas no período medieval, manuais de medicina, livros de receitas, análise de ossadas humanas, manuais de comportamento à mesa e também artefatos utilizados na cozinha régia. A alimentação neste período envolvia critérios de gosto e sabor, padrões culturais, tradições e fatores políticos, saúde, economia e de regionalismo”.

Serviço

O workshop terá a duração de aproximadamente 1h30, acontecerá na Casa das Águas, será aberto ao público e após a fala do pesquisador haverá um tempo para a plateia tirar dúvidas e conversar sobre a temática. Renato dará dicas para que os participantes possam recriar em suas casas receitas tradicionais da culinária medieval. Mais informações sobre o evento pelo e-mail agendamento@aphc.com.br.

Recommended Posts
Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text. captcha txt