Evento do Parque Histórico evidencia a diversidade cultural

 em Destaque

Festividade incentiva a manutenção dos costumes dos imigrantes que se estabeleceram na região.

A 9ª Festa dos Imigrantes do Parque Histórico de Carambeí, realizada entre os dias 4 e 6 de maio, mais uma vez foi sucesso e reuniu cerca de 11,1 mil pessoas que por meio da dança, música, arte e gastronomia celebraram a diversidade cultural herdada pelos imigrantes que se estabeleceram na região.

O presidente da Associação Parque Histórico de Carambeí, Dick Carlos de Geus, anima-se ao perceber que o evento se tornou referência para celebrar a tradição dos povos que se estabeleceram no Estado. “A Festa dos Imigrantes se consolidou como um grande evento e de fundamental importância para o Parque Histórico, com ela mostramos o Paraná dos imigrantes e das etnias, divulgamos por meio da dança, da música, da arte e da gastronomia todos os povos que fizeram o Brasil como é hoje”.

Grupo Folclórico Ucraniano Brasileiro Vesselka

Emerson Luiz Scharnei, do Grupo Folclórico Ucraniano Brasileiro Vesselka, relata que é importante estar reunido com outros grupos folclóricos e levar ao público a tradição e costumes de seus antepassados “Dividir o palco com grupos de outras etnias que se doam tanto quanto o Grupo Vesselka e preservam as suas raízes ancestrais num país tão longínquo é algo admirável de se ver. Não tenho dúvida que o sangue que corre em nossas veias se divide entre Brasil e Ucrânia, e tenho certeza que isso não é diferente entre outros descendentes representados nesse evento”.

Esta festividade é uma oportunidade para a juventude conhecer o multiculturalismo deixado pelos imigrantes, explica Felipe Pedroso coordenador cultural do Parque Histórico. “Para o jovem queremos evidenciar que existe uma pluralidade cultural, artística e étnica na formação da nossa sociedade, a junção das diferenças faz com que tenhamos uma identidade tão expressiva enquanto brasileiros. A celebração da Festa dos Imigrantes acima de tudo tem a mensagem do respeito à diversidade”.

Para Scharnei, é um presente o Parque Histórico oferecer um espaço para difundir as diferentes tradições deixadas pelos imigrantes. “Para nós do Vesselka é um privilégio dançar para um público que reconhece o trabalho e que a incentiva na manutenção da cultura dos outros povos no nosso amado Brasil. Agradecemos imensamente o convite e parabenizamos a todos da organização da 9ª Festa dos Imigrantes do Parque Histórico de Carambeí”, finaliza.

Postagens Recomendadas
Contate-nos

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt