Parque Histórico contrata dois chefes de cozinha para o Koffiehuis

 em Destaque

Especialistas em restaurateur, pâtisserie e boulangerie os cozinheiros seguem uma nova tendência na gastronomia que busca cativar o público com emoções geradas na degustação dos pratos.

Os chefes de cozinha Rafael Leão e Viviane Prado foram contratados pelo Parque Histórico de Carambeí para coordenar os trabalhos realizados no Koffiehuis Confeitaria e Restaurante.  Os cozinheiros serão responsáveis em aprimoramento do atendimento e padronização dos produtos oferecidos pelo estabelecimento gastronômico.

Viviane Prado chefe confeiteira 

Formados pelo Centro Europeu, Rafael é chefe de cozinha e restaurateur, já Viviane seguiu na linha da panificação e confeitaria e fez o curso de pâtisserie e boulangerie. Com experiência na área de eventos e restaurantes, os cozinheiros seguem a linha Comfort Food, que é uma nova tendência na gastronomia como explica Viviane. “Trabalhamos com o Comfort Food, fazemos o resgate da cozinha da vovó, cozinha de afeto com sensações , texturas, aromas, sabores e temperos. Gostaríamos de despertar emoções pelo paladar com pratos preparados e servidos com muito amor, queremos que os clientes vivam momentos especiais no Koffiehuis e assim despertar boas lembranças”.

O menu principal do Parque Histórico continuará sendo a gastronomia holandesa e indonésia, pois como o estabelecimento gastronômico fica dentro de um museu que trabalha a história destas culturas, a prioridade é trabalhar com a difusão destas culinárias. Inicialmente será aprimorada a apresentação dos alimentos, o cardápio ganhará novos produtos que serão assinados pelos chefes e a decoração do Koffiehuis ganhará um toque especial para ficar mais acolhedor. Os chefes investirão em eventos sociais, corporativos, jantares temáticos, atividades internas e externas com o intuito de otimizar a estrutura oferecida pelo museu. A prioridade será lapidar a equipe do Koffiehuis e criar critérios para melhorar o atendimento ao público.

Rafael Leão chefe de cozinha

“A culinária indonésia e holandesa será um grande desafio, os processos são novos para mim. Inicialmente será um tempo de muito estudo, de pesquisas, de busca de conhecimento para aperfeiçoar as técnicas da produção”, comenta Rafael.

Viviane diz estar com frio na barriga. “Tudo que é novo, qualquer mudança, mexe com nosso emocional, mas ao mesmo tempo é um combustível para trabalhar e fazer o melhor. Sou grata aos gestores do Parque Histórico e a toda a comunidade que nos acolheu, trabalharemos muito para corresponder e superar as expectativas. Será um trabalho realizado em equipe, pois temos muito a aprender com os profissionais que trabalham no Koffiehuis há anos e nosso lema é que o sucesso só acontece com integração e valorização de todos”.

Postagens Recomendadas
Contate-nos

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt