0

Parque Histórico realizará evento dedicado a Idade Média

O Parque Histórico de Carambeí irá proporcionar aos visitantes do museu uma viagem pela Idade Média. Com a realização da Feira Medieval que acontecerá entre os dias 18 e 19 de novembro, a instituição busca aproximar o público da história e dos costumes medievais.

O historiador e organizador do evento, Lucas Kugler, relata que a Idade Média mexe com o imaginário do público e a realização da Feira surgiu com intuito do Núcleo Educativo do Parque Histórico desmistificar algumas representações sobre esse período histórico. “A queda do Império Romano, no século V, e a queda de Constantinopla, no século XV, marcam o período europeu preenchido por diversas transformações culturais que permanece hoje em um misto de fantasia e aventura que nos envolve por conta dos filmes, livros e jogos sobre esta temática. Com o evento vamos aproximar os visitantes do cotidiano medieval, um tempo distante da nossa cultura, que em contrapartida é familiar por conta de suas representações na mídia pop”.

A Feira acontecerá em dois dias, terá uma extensa programação que pretende mexer com o público, inseri-lo no contexto da Idade Média e contar a história e o costume dos povos que viveram neste período. “No evento haverá encenação do cotidiano viking; espaço dedicado ao imaginário das crenças e práticas pagãs que será representada pela Forja do Espirito da Floresta; exposição de esculturas medievais de Fabio Bachinski; além de torneio e batalha de swordplay. Faremos oficinas de cerâmica viking, escudos heráldicos e tranças vikings”, explica o historiador.

O evento será divido em estandes, em cada espaço acontecerá uma atividade diferente e para participar o púbico poderá adquirir fichas, no valor de R$2, que será a moeda de troca para cada uma das atrações. Quem quiser levar uma lembrança do evento poderá adquirir artesanatos em madeira, ou metal que foi feito especialmente para a Feira Medieval pela equipe organizadora.

Serviço:

O ingresso para prestigiar a Feira Medieval será R$5 por pessoa e crianças até 12 anos serão isentas. A taxa para prestigiar o evento dará acesso livre para visitar as alas museais do Parque Histórico de Carambeí.

 

0

OPORTUNIDADE DE CONTRATAÇÃO E ESTÁGIO NO PARQUE HISTÓRICO DE CARAMBEÍ

O Parque Histórico de Carambeí está recebendo currículos para:
4 vagas de estágio no Núcleo de Mediação da instituição para desenvolver atividades relacionadas a atendimento e mediação de conteúdo;
1 vaga efetiva para atendente de agendamento;

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ESTÁGIO DE MEDIAÇÃO

A Associação Parque Histórico de Carambeí, abre inscrições para contratação de estagiário (a), referente atuação no Núcleo de Mediação, conforme descrito abaixo:
I) Para estudantes do curso:
História – Licenciatura;
Geografia – Licenciatura;
Pedagogia;

II) Perfil do Estagiário:
• Disponibilidade: à combinar
• Requisitos: acadêmicos que estão cursando 2º, 3º ou 4º ano.
• Inscrições: 20 a 27 de setembro de 2017.
• Contato: monitoria@aphc.com.br
• Horário: à combinar

Para realizar a inscrição, o (a) estudante candidato (a) deverá enviar para o e-mail descrito os seguintes documentos: Curriculum Vitae e documentos comprobatórios.

1) Para inscrever-se, o (a) estudante-candidato (a) ao estágio deverá estar regularmente matriculado (a) e com frequência no curso.
2) O estágio terá início a partir da data e assinatura do contrato.
3) Ao final do estágio, o (a) estagiário (a) receberá CERTIFICADO.
4) O (A) estagiário (a) receberá, mensalmente, a bolsa de complementação educacional + vale transporte Ponta Grossa-Carambeí/Carambeí-Ponta Grossa. Será considerada, para efeito de cálculo do pagamento da bolsa, a frequência mensal do estagiário.
5) A entrevista será marcada, pelo e-mail e telefone, se necessário.
6) O resultado do Processo Seletivo será divulgado até o dia 3/10/17, pelo e-mail do candidato.

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ATENDENTE DE AGENDAMENTO
A Associação Parque Histórico de Carambeí, abre inscrições para contratação de atendente de agendamento, para atuação no setor de Agendamento de Visitas da instituição, conforme descrito abaixo:
I) Para graduados preferencialmente em:
Administração de Empresas;

II) Perfil do(a) candidato (a):
• Disponibilidade: 44 horas semanais;
• Requisitos: Boa comunicação, boa escrita, organização e conhecimento do Pacote Office;
• Desejável experiência;
• Inscrições: 20 a 27 de setembro de 2017.
• Contato: monitoria@aphc.com.br

Para realizar a inscrição, o (a) candidato (a) deverá enviar para o e-mail descrito o Curriculum Vitae
– A entrevista será marcada, pelo e-mail e telefone, se necessário.

0

Parque Histórico organiza Feira Medieval

Educativo do museu fará evento lúdico para ensinar sobre a Idade Média

O Núcleo Educativo do Parque Histórico de Carambeí prepara Feira Medial e resgata práticas da Idade Média. Será um evento lúdico, acontecerá nos dias 18 e 19 de novembro, com o intuito de mexer com o imaginário que o visitante do museu tem sobre a Idade Média e que atualmente é representado em filmes, jogos, séries e livros.

Lucas Kugler, historiador do Núcleo Educativo e organizador do evento, conta que o Parque está em constante busca para cumprir o seu papel como museu e ao resgatar costumes da Idade Média reafirma o seu compromisso com a sociedade. “Faremos o resgate de algumas práticas icônicas da Alta e da Baixa Idade Média, que compreendem o período entre os anos de 476 e 1000, como: tiro com arco e flecha, ferraria e torneios de espada”, explica o historiador.

Durante o evento os visitantes do Parque se sentirão inseridos no período da Idade Média, pois será recriado um ambiente com elementos históricos e fictícios. Lucas relata que em cada um dos cenários haverá encenação e o público poderá vivenciar a história medieval. “Voluntários se caracterizarão como personagens da literatura inspirados pelo medievalismo, como o personagem John Snow do Game of Thrones e outros interpretarão seus papéis baseados na série Vikings”.

O historiador está se preocupando em tornar o evento educativo e utilizará do lúdico para ensinar história aos visitantes da feira. “Estou fazendo uma vasta pesquisa histórica sobre a temática da Feira, posteriormente passarei aos voluntários que durante a atuação repassará ao público por meio da atuação. Cito o uso do arco e da flecha como exemplo, pois o público conhecerá o uso deste instrumento em diversos períodos da Idade Média”.

Mais informações sobre o evento pelo e-mail agendamento@aphc.com.br.

0

Ingresso para Moto Parque será R$5

 

Parque Histórico terá taxa social durante evento realizado para motociclistas.

No próximo domingo, 17 de setembro, devido ao Moto Parque, encontro de motociclistas, o ingresso para visitar as alas museais do Parque Histórico de Carambeí será R$5, crianças até 12 anos e somente os motociclistas inscritos com antecedência pelo e-mail agendamento@aphc.com.br não pagarão entrada.

Para os integrantes de moto clubes e para os motociclistas que se inscreverem poderão deixar suas motos em um perímetro delimitado dentro do evento, os demais terão que deixar suas máquinas na área de estacionamento junto aos outros veículos.

O evento tem por finalidade proporcionar um dia agradável aos motociclistas, permitir aos público do Parque Histórico e os apaixonados pelos veículos de duas rodas apreciar os diferentes tipos de máquinas, passear pelos jardins do museu e conhecer a história de Carambeí.

O encontro de motociclistas se concentrará no Parque das Águas, ala museal que reproduz Zaans Schans da Holanda, haverá música ao vivo e praça de alimentação.

0

Parque Histórico prepara encontro para motociclistas

Buscando aproximar motociclistas e o público que é apaixonado por motos, no dia 17 de setembro, o Parque Histórico de Carambeí, maior museu histórico a céu aberto do Brasil, realizará o Moto Parque. A proposta da instituição é proporcionar um dia agradável e de confraternização entre os grupos de entusiastas dos veículos de duas rodas e os visitante do museu.

O encontro dos grupos se concentrará no Parque das Águas, ala museal que reproduz Zaanse Schans da Holanda, haverá praça de alimentação e música ao vivo no ambiente.

Os entusiastas dos veículos de duas rodas e seus caronas terão isenção do ingresso para visitar o Parque, também poderão deixar suas máquinas em uma área reservada dentro dos jardins do museu. Para isto, deverão entrar em contato com a organização do Moto Parque pelo e-mail agendamento@aphc.com.br e fazer a inscrição. Os motociclistas que não se inscreverem com antecedência não poderão deixar suas motos dentro do perímetro delimitado para o evento, terão que deixar na área do estacionamento junto aos demais veículos.

 Serviços:

No dia do Moto Parque a Associação Parque Histórico de Carambeí (APHC) fará um ingresso social para o púbico visitar o museu e apreciar as motos. O ingresso será R$5 por pessoa e crianças até 12 anos serão isentas das taxas de visitação.

0

Parque Histórico lança pesquisa de satisfação

A Associação Parque Histórico de Carambeí (APHC) quer conhecer melhor o público que visita a instituição e consequentemente melhorar o atendimento no museu. Para isto, foi disponibilizado no site do Parque Histórico de Carambeí (aphc.com.br) uma pesquisa de satisfação.

O questionário conta com perguntas sobre a percepção que o público tem durante a visita. O coordenador cultura e historiador, Felipe Pedroso, explica que para a equipe é importante conhecer o público que visita o Parque e que isso auxiliará no processo para aprimorar as práticas de trabalho no setor. “O preenchimento da pesquisa é rápido, simples e contribuirá para melhorias em nossa atuação. Participe!”

0

Oficina do Parque Histórico é tema de Feira de Fotografia

Casa Padre Theodorus Kopp aprofunda estudo sobre fotografia a partir de ação educativa do museu

O Parque Histórico de Carambeí recebeu alunos da Casa Padre Theodorus Kopp, contra turno social da cidade, para a ação educativa Historiografia e Fotografia – O que os olhos do fotógrafo nos contam. A atividade realizada pelo Núcleo Educativo no museu rompeu os muros da instituição, os estudantes desenvolveram um projeto sobre fotografia e se aprofundaram na temática.

A ação educativa, realizada no Parque, buscou demonstrar que a fotografia pode ser usada como fonte histórica e vai além do que é evidente, explica Lucas Kugler historiador responsável pelo educativo da instituição museal. “Para essa reflexão, algumas fotos do acevo do museu foram escolhidas para que os estudantes pudessem observar e refletir sobre o conteúdo delas com orientação de um de nossos mediadores, Pablo Kyoshi”.

A assistente social da Casa Padre Theodorus Kopp, Tainati Pontes Zececki, contou que o projeto de fotografia proporcionou um mês intenso de trabalho e aprendizado com os alunos que saíram para fotografar, fazer entrevistas e conhecer a história da fotografia. “Nosso objetivo foi construir um olhar crítico sobre a realidade, por meio da fotografia. As crianças aprenderam sobre a fotografia e como ela influencia a sociedade até os dias de hoje”.

O historiador ficou animado com o trabalho realizado pelo o contra-turno social, “A Casa Padre Theodorus, mais uma vez, expandiu o horizonte de uma ação educativa realizada por nossa equipe e demonstrou que os seus alunos são ávidos pesquisadores. Para além do aprendizado adquirido do Parque, os estudantes criaram uma feira expositiva sobre a história da fotografia e nos convidaram para presenciar o resultado, o que foi uma experiência produtiva e gratificante”, entusiasma-se Lucas.

0

Visite o Parque Histórico e volte ao passado

O Museu Interativo proporciona para aos visitantes uma viagem no tempo, vivenciar a história e a cultura dos imigrantes.

Nesta quinta-feira, feriado de 7 de setembro, é uma ótima oportunidade para visitar o Parque Histórico de Carambeí, maior museu histórico a céu aberto do Brasil, e vivenciar a história dos imigrantes na Colônia Carambehy durante o Museu Interativo, que iniciará às 14h.

Neste dia a Vila Histórica, ala museal que representa o antigo vilarejo de Carambeí entre os anos de 1930 e 1950, ganhará vida com os voluntários que participam do Museu Interativo e reproduzem o cotidiano dos imigrantes na Colônia.

É um convite para o visitante voltar no tempo, viajar para a Colônia Carambehy, vivenciar a história e a cultura dos imigrantes. Ver os voluntários passeando pelo Parque com trajes antigos, reproduzindo o dia-a-dia de seus antepassados no trabalho e nas atividades de lazer, conversando em holandês ou em português com um sotaque arrastado é uma experiência inesquecível.

Serviço:

O Parque Histórico de Carambeí abre para visitação de terça a domingo, das 11h às 18h. Para visitar a instituição o ingresso é R$16. A meia entrada é R$8 e é destinada a crianças de 7 a 12 anos, estudantes, professores e doadores de sangue mediante apresentação de comprovante. Crianças até 6 anos e pessoas acima de 60 anos são isentos da taxa de ingresso. Mais informações pelo e-mail agendamento@aphc.com.br.

0

Parque Histórico receberá exposição fotográfica sobre a Europa

A Casa da Memória, do Parque Histórico Carambeí, receberá a Exposição Cidades Europeias, organizada pelo Projeto de Extensão Grupo Foca Foto, da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Berlin, Amsterdam, Roma, Veneza, Vaticano, Londres, Berna, Interlaken, Bruxelas, Bruges, Glasgow, Edimburgo e Dublin são algumas das belas imagens captadas pelos fotógrafos Carlos Alberto de Souza, coordenador do projeto, Gabriel Soldi de Souza. A mostra fotográfica abrirá ao público de 29 de agosto a 30 de outubro com entrada gratuita.

A proposta de trazer a exposição para Carambeí tem relação com a origem europeia da cidade, colonizada por holandeses e que tem como prática valorizar a cultura, a história e o compromisso de transmitir a tradição holandesa e outros valores aos seus habitantes. A realização da exposição no Parque, que tem apoiado o Grupo Foca Foto, se deve também ao fato do local atrair turistas do Paraná e do Brasil, interessados em cultura e belezas naturais.

O historiador e coordenador cultural do Parque Histórico, Felipe Pedroso, comenta que a instituição está de portas abertas para receber projetos como este. “É extremamente importante o intercâmbio entre o museu e de uma instituição de ensino, como este que é realizado entre o Parque e a UEPG, pois nos aproxima do público”.

A mostra fotográfica conta com 60 fotos e o fotógrafo pretende levar o público a uma imersão na cultura europeia as imagens”. As fotografias permitirão aos visitantes viajar pelas inusitadas paisagens urbanas e naturais da Europa, contemplando por meio de uma série de imagens, o castelo de Edimburgo, o Museu do Louvre, a Torre Eiffel, a neve em Interlaken, na Suíça; os canais de Veneza, o Congresso da Alemanha, a estação de trem de Amsterdan e o cotidiano dos cidadãos do velho mundo”, relata o fotógrafo Carlos Alberto.

0

Parque Histórico terá programação especial para Primavera dos Museus

Núcleo Educativo do museu desenvolveu atividades diferenciadas para atender público escolar durante evento.

A Primavera dos Museus, está na 11ª edição, é um dos eventos museais organizados pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM) que reúne instituições culturais brasileiras e incentiva a visitação em museus. No período de 18 a 24 de setembro, cerca de 900 museus brasileiros participarão do evento que neste ano tem como temática Museus e Suas Memórias, mais uma vez o Parque Histórico de Carambeí integrará esse seleto grupo e realizará atividades especiais para a temporada.

O Núcleo Educativo do Parque Histórico de Carambeí preparou uma programação especial que será oferecida ao público escolar, entre os dias 19 e 22 de setembro, em conformidade com o tema da Primavera dos Museus. A oficina de Historiografia e Fotografia – O que os olhos não contam é uma atividade que busca exercitar a reflexão historiográfica sobre a produção da memória por trás da fotografia. Tabuleiro da Memória contesta o discurso heroico que há nos museus ao aplicar uma mediação voltada para os sujeitos da história privada de Carambeí. Teatro de Sombras permite aos alunos entrarem em contato com elementos folclóricos da pluralidade étnica que há no Brasil, em especial em Carambeí por meio de fábulas portuguesas, polonesas e indonésias.

Aos grupos também será oferecido a visita mediada pelo museu. Todas as atividades desenvolvidas para o evento serão gratuitas e os professores poderão entrar em contato com o Parque Histórico, pelo e-mail agendamento@aphc.com.br, para inscrever seus grupos nas oficinas.

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text. captcha txt