Citricultura brasileira avança, mas ainda requer atenção para o manejo de doenças

 em Clipping

Segundo dados do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), o Brasil é responsável por 38% da produção mundial de laranja (19,1 milhões de toneladas) e 61% da produção mundial de suco de laranja (1,33 milhão de toneladas), com exportações chegando a 98%. Para a safra 2011/2012, a estimativa é de que sejam contabilizadas 387 milhões de caixas de 40,8 quilos.
No entanto, um dos principais riscos à evolução da citricultura brasileira ainda é o avanço de doenças, a exemplo da mancha preta dos cítricos (MPC), mais conhecida como pinta preta e causada pelo fungo Guignardia citricarpa. Por afetar os frutos, não provoca o apodrecimento direto, mas gera uma grande extensão de lesões na casca, sendo responsável pela depreciação comercial, principalmente para produções destinadas ao mercado in natura. Já quando o destino é industrial, embora os frutos não fiquem imprestáveis, a severidade da doença provoca queda prematura, ocasionando prejuízos em quantidade.

Leia na íntegra.

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt