Tulipas: há mais de 300 anos um símbolo da Holanda

 In Brasil Holanda, Clipping

‘Tulpomania’ (mania da tulipa), ‘tulpenwoede’ (fúria das tulipas) e ‘bollengekte’ (loucura dos bulbos) são três maneiras usadas para falar da especulação de bulbos de tulipa que assolou a Holanda entre 1634 e 1637.
Tudo começou em 1594, com a primeira floração oficial de uma tulipa na Holanda, no então recém-inaugurado Horto Botânico da Universidade de Leiden. Com o crescimento da popularidade da flor, produtores profissionais passaram a pagar mais e mais pelas variedades mais raras, e os preços dos bulbos ‘comuns’ também começaram a subir.

No auge da bolha, especuladores às vezes pagavam mais de dez vezes a renda anual de um artesão experiente por um único bulbo. Eles valiam, literalmente, seu peso em ouro.

Embora a bolha tenha estourado de maneira abrupta em 1637, ela deixou uma marca duradoura na Holanda – a tulipa não só se tornou um símbolo holandês, mas está representada em inúmeros documentos históricos.

Um destes documentos é o ‘Tulpenboek’ (livro das tulipas), do século 17, que é cheio de ilustrações das flores responsáveis pela ‘tulpomania’. Até hoje, o livro só tinha sido exposto ao público esporadicamente, sob vidros, aberto numa única página, no Museu Frans Hals. Agora, as 40 imagens do livro foram digitalizadas, permitindo que os visitantes do museu possam folheá-lo pela primeira vez, ainda que virtualmente.

 

Para ler na íntegra, clique aqui. 

Recommended Posts

Leave a Comment

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text. captcha txt