Cooperativa Paranaense de Turismo inova com experiências vivenciais

 em Clipping

O Paraná oferece variadas opções de turismo. Uma delas foge aos padrões oficiais, já que os pacotes têm duração de cinco a sete dias (até aí, tudo normal), mas são destinados a grupos de duas a no máximo vinte pessoas (aí sim é legal, já que evita aquele clima chato de grandes excursões).

A Cooperativa Paranaense de Turismo (Cooptur) criou a Expedição Paraná, que oferece experiência vivencial em três eixos: cultural, histórico e natural, que percorrem o Estado de Leste a Oeste.

“O cooperativismo nós dá a vantagem de customizar os roteiros de uma maneira muito peculiar e particular, pois os principais pontos turísticos ou atrações, restaurantes e hotéis são nossos cooperados”, comenta o vice-presidente da Cooptur, Márcio Canto de Miranda.

Um dos eixos tem foco no Rio Iguaçu. O passeio começa em sua nascente (Curitiba) e termina em Foz do Iguaçu. O roteiro tem possibilidades de estadias em estações termais, navegação por mais de 80 quilômetros, visita às barragens e até mesmo a uma mina de extração de ametista na Argentina.

Outra possibilidade se dá com foco nas etnias europeias que compõem o Estado, destacando sua cultura e culinária. O roteiro é composto pelos alemães-russos de Witmarsum, os holandeses dos Campos Gerais, os eslavos de Prudentópolis e os alemães de Entre Rios.

“Temos ainda o eixo das belezas naturais e de esportes radicais, onde temos diversas opções”, destaca Márcio. Esta possibilidade inclui as belezas da mata atlântica na serra do mar, o Parque Estadual de Vila Velha, o Parque Estadual do Cerrado, o Parque Nacional do Iguaçu e atividades como rafting, treking e tirolesa, entre outros.

 

Fonte:

EASYCOOP

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt