A tradição do segundo dia de Páscoa entre os holandeses

 In Destaque

paasvuurPaasvuur, tradicional fogueira de Páscoa. (Fonte)

Sabiam que a segunda-feira pós Páscoa é considerado um feriado na Holanda? Intitulado de Tweede Paasdag, em neerlandês, ou Segundo dia de Páscoa, a data é uma tradição que vem do período medieval e permanece até os dias de hoje nos Países Baixos. Engana-se quem pensa que este seja um feriado cristão, a data entrou para o calendário oficial do país por volta de 1800 com decreto governamental e só teve a chancela da Igreja após a Reforma. O feriado é comemorado em todo o país, quando as condições climáticas estão favoráveis as famílias se divertem em ambientes abertos como parques, praias, passeios de bicicleta e zoológicos. Em algumas cidades acontece o tradicional Paasvuur, fogueira de Páscoa.

Tweede Paasdag
Passeio equestre para o Alagados no Segundo dia de Páscoa – 1931 (Acervo APHC)

Tweede Paasdag
Piquenique a Cavalo no Segundo dia de Páscoa – Década de 1930 – Carambeí (Acervo APHC)

Quando os imigrantes holandeses chegaram a Colônia Carambehy em 1911, trouxeram com eles a tradição da sua terra mãe, por conta da rigidez da religião Protestante em se guardar o domingo para orações e atividades dedicadas ao Senhor, o Segundo dia de Páscoa, era quando toda a Colônia podia comungar de fato de um dia de descanso e diversão, onde eram realizados os piqueniques, passeios aos rios, brincadeiras e esportes. Hoje, restam apenas memórias e registros da tradição entre as famílias de imigrantes, que acabou enfraquecendo com o tempo em terras tupiniquins.

Tweede Paasdag
Piquenique entre os imigrantes no Segundo dia de Páscoa – Década de 1940 – Colônia Carambeí (Acervo APHC)

Tweede Paasdag
Piquenique entre os imigrantes no Segundo dia de Páscoa – Década de 1940 – Colônia Carambeí (Acervo APHC)

Recommended Posts

Leave a Comment

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text. captcha txt