Parque Histórico realizará live destinada a professores e profissionais de museus

 In Destaque, Noticias

 

O bate-papo virtual propõe um diálogo entre museu e a escola como ferramenta de difusão de conhecimento.

No dia 17 de julho, às 19h, o Parque Histórico de Carambeí, maior museu histórico a céu aberto do Brasil, realizará uma live que será transmitida pelo Youtube no link www.aphc.com.br/live. O bate-papo virtual será apresentado por Felipe Pedroso, contará com a participação de Jamaira Pillati e abordará a temática Caminhos dos Saberes: a relação museu escola.

O evento virtual é destinado a historiadores, acadêmicos de história, profissionais de museus e professores. Felipe Pedroso, historiador e coordenador cultural do Parque Histórico, explica a ação propõe um debate entre os profissionais. “O intuito dessa live é fazer uma discussão acerca da relação museu e escola, as contribuições de ambas as instituições na formação e compartilhamento de conhecimento, suas diferenças, contradições e limitações, mas também seus acertos nesse trabalho que tem como função ser colaborativo”.

Desde 2016, quando foi estruturado o Núcleo Educativo dentro do museu, foi elaborado pela equipe do Parque Histórico um material destinado aos educadores e foi investido na capacitação de professores da Rede Municipal de Ensino, da Educação Infantil até o Ensino Fundamental II. A ferramenta de apoio pedagógico permite que os profissionais do setor de ensino conheçam diferentes temas que podem ser abordados na visita de seus alunos ao museu, mostra que é possível fazer a visita várias vezes e a cada passeio abordar um assunto diferente, de acordo com os assuntos tratados no Parque Histórico e trabalhados em sala de aula.

Felipe destaca que ação terá a finalidade de mostrar que o trabalho realizado entre museu e escola deve ser colaborativo, que é um caminho de mão dupla. “Pensamos em fazer uma live que contemplasse os dois lados da moeda, de um lado o museu e de outro a escola e como podemos construir diálogos possíveis dessa parceria no engajamento e construção de sujeitos cidadãos”.

Professora da Rede Estadual de Ensino Básico do Paraná Jamaira Pillati, Mestra em História pela UEPG e Especialista em Diversidade na Escola pela UFPR Litoral, explica que os museus oferecem inúmeras ferramentas e conteúdos multidisciplinares que podem auxiliar os professores e devem ser explorados. “O museu é sempre um espaço muito buscado pelas escolas como destino de suas saídas de campo com alunos, independente da disciplina trabalhada. No entanto, é importante pensarmos se escola e museu estão oferecendo uma experiência não só cultural, mas pedagógica e interdisciplinar aos educandos. Portanto, queremos na nossa live pensar quais podem ser ações do educador antes e depois da visitação, que materiais a instituição museu pode oferecer e claro, quais as possibilidades em tempos de pandemia”

O historiador ressalta que abordará a utilização de plataformas digitais que durante a pandemia do coronavírus, período em que os museus estão fechados ao público como forma de prevenção a transmissão do vírus, são utilizadas pelas instituições culturais e que se tornaram único canal de diálogo. “Outra questão pertinente que será abordada é da realidade atual de isolamento social, as ferramentas utilizadas pelas instituições na diminuição dos ruídos provocados pela pandemia. O uso das plataformas digitais e como a relação entre museus e escolas podem se beneficiar dessa linguagem”.

 


Recommended Posts
Contate-nos

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text. captcha txt
0