0

Parque Histórico é um dos poucos estabelecimentos no Brasil que serve comida indonésia

Gastronomia do sudeste asiático traz sabores, cores e aromas que harmonizam com a simplicidade e sabores do campo da culinária holandesa.

O Koffiehuis Confeitaria e Restaurante é um estabelecimento gastronômico anexo ao Parque Histórico de Carambeí, memorial da imigração holandesa e maior museu histórico a céu aberto do Brasil, que aos finais de semana e feriados serve culinária holandesa e indonésia.

A definição do cardápio servido pelo Koffiehuis é fruto de pesquisas feitas por Felipe Pedroso, coordenador cultural e historiador do museu, também estudioso da história da alimentação, que vem incorporar ao Programa de Cultura Alimentar trabalhado pelo Núcleo de História e Patrimônio do museu. “Todos os os processos tradicionais de preparo foram estudados e os temperos são importados do sudeste asiático para tornar as receitas fiéis as tradicionais”, explica o historiador.

O Koffiehuis, por ser um estabelecimento gastronômico dentro de um museu, tem o compromisso de levar aos visitantes por meio do paladar a cultura difundida na narrativa do museu. A confeitaria e restaurante é um dos poucos lugares no Brasil que possui um cardápio dedicado a culinária indonésia. No menu do almoço, a união das culturas holandesa e indonésia é harmoniosa, pois um traz a exuberância de sabores, cores e aromas de pratos do sudeste asiático e o outro traz a simplicidade dos sabores do campo.

A exuberante culinária indonésia conquista os paladares mais exigentes 

Felipe conta que apesar da culinária indonésia causar estranheza em um primeiro momento ela acaba conquistando até mesmo os paladares mais exigentes. “A comida indonésia à primeira vista pode ser bastante inusitada, mas possui similaridade com a comida brasileira, principalmente a comida baiana que tem como base alguns ingredientes como coco, amendoim, pimenta, camarão e as frutas tropicais. Desta forma ela é a muito apreciada pelos visitantes do Parque Histórico”.

Quando o historiador foi questionado pelo fato do museu ser um espaço de memória da imigração holandesa, mas que está difundindo a cultura indonésia ele relata a relação entre os países. “A Holanda colonizou a Indonésia por aproximadamente 400 anos, desta relação principalmente a gastronomia foi incorporada a cultura alimentar dos holandeses. Outro fator é que após a II Guerra Mundial, com a independência da Indonésia, todos os holandeses e indonésios que tinham relações com esses foram expulsos do país, alguns ficaram sabendo da colônia de imigrantes em Carambeí e pelo clima subtropical optaram em fixar-se aqui. Desta presença surgiu então a tradição culinária indonésia na região, que logo foi aderida pela comunidade holandesa”.

Serviço:

O Koffiehuis Confeitaria e Restaurante Parque Histórico de Carambeí abre ao público de terça a domingo, das 11h às 18h. Aos finais de semana e feriados, das 12h às 14h, é servido serve almoço holandês e indonésio na opção de buffet livre no valor de R$ 49,50 por pessoa, ou por quilo no valor de R$ 6,20 a cada 100 gramas.

No site do Parque Histórico (www.aphc.com.br/cardapio) é divulgado o cardápio do almoço da semana. Mais informações e reservas pelos telefones 42 3231-5876 e 98433-4643.

 

0

Parque Histórico lança mostra fotográfica virtual do futebol na Colônia Carambehy

 

Com registros fotográficos é possível conhecer a história dos primeiros times de futebol em Carambeí.

O Parque Histórico de Carambeí lançou no dia 15 de junho a Mostra fotográfica Várzea – o futebol na Colônia Carambehy que mostra a paixão dos imigrantes holandeses e seus descendentes pelo esporte. A exposição mexeu com a comunidade local e repercutiu nas redes sociais do museu. Para democratizar o acesso ao produto cultural, a mostra ganhou uma versão digital no site da instituição (www.aphc.com.br/varzea).

Composta por registros fotográficos de times de futebol, é possível perceber as transformações pelas quais a pratica esportiva passou, também é possível conhecer o fascínio dos imigrantes e descendentes pelo esporte e quão importante esse esporte foi para o entretenimento da colônia e para suas relações de sociabilidade.

A exposição resultou em um documentário de curta duração gravado com ex-jogadores dos primeiros times da Colônia Carambehy. Na oportunidade, os jogadores amadores relembram fatos importantes e inesquecíveis das competições que eram realizadas com times de cidades vizinhas.

Mais informações pelo e-mail agendamento@aphc.com.br e pelo telefone 42 3231-5063.

0

Arraiá do Parque foi sucesso de público

A sétima edição do Arraiá do Parque, mais uma vez, foi sucesso de público e reuniu cerca 6,2 mil pessoas. O evento realizado pelo Parque Histórico de Carambeí com o intuito de celebrar as tradições populares da cultura brasileira rural contou com a parceria da Frísia Cooperativa Agroindustrial, da Colônia Holandesa e da Prefeitura Municipal de Carambeí.

O coordenador cultural e historiador do Parque Histórico, Felipe Pedroso, anima-se com as parcerias entre a instituição e os setores público e privado. “É importantíssimo para o Parque Histórico realizar parcerias com os poderes público e privado, isto valoriza e agrega valor para a marcas e ao evento. A parceria com a Prefeitura Municipal aproxima a comunidade local e estreita os laços com os carambeienses”.

O diretor do Departamento Municipal de Cultura, Rosnei Rodrigues, afirma que parceria entre o Parque e a Prefeitura é positiva e valoriza os talentos locais. “A parceria entre Parque Histórico e a Prefeitura Municipal de Carambeí, neste caso representado pelo Departamento da Secretaria de Educação e Cultura, vejo como algo muito benéfico para o crescimento da cultura local, sobretudo por proporcionar aos artistas da cidade um espaço para mostrarem seus talentos, fazendo interação com seus colegas e a plateia”.

A programação da festa caipira teve apresentações de quadrilhas de escolas das cidades de Carambeí, Castro e Ponta Grossa. Os Caipiruchos, grupo formado por integrantes da Academia de Dança Gaúcha Querência Amiga, preparou uma animada e vibrante dança que contagiou o público. A praça de alimentação com produtos com sabor do campo caiu no gosto dos visitantes. As brincadeiras de pescaria e cadeia fizeram a diversão de crianças e adultos. A fogueira foi uma das principais atrações e fascinou a todos ao ser acesa com fogos de artifícios.

A animação do festerê, durante à noite, ficou a cargo do Grupo de Violões de Carambeí. ” Para o Projeto Grupo de Violões de Carambeí abrilhantar um evento dessa grandeza foi muito gratificante, nossos violonistas se sentiram muito realizados em se fazerem presentes e participarem como protagonistas nesse evento de grande relevância para a nossa cidade”, relata Rosnei Rodrigues, responsável pela programação do Arraiá no período das 20h às 22h.

0

Koffiehuis Parque Histórico participa do Festival de Inverno 2018

O evento tem por finalidade movimentar o setor gastronômico.

A Rede Gastronômica dos Campos Gerais (RGCG) realizará até dia 31 de julho a segunda edição do Festival de Inverno. O Koffiehuis Parque Histórico de Carambeí integra as 15 empresas associadas à RGCG que durante este período esperam fomentar o setor gastronômico com pratos a base de bacon e mexerica.

Durante a temporada, o prato escolhido para ser servido no Koffiehuis será a erwtensoep, tradicional sopa holandesa de ervilha que leva bacon entre os seus ingredientes. O estabelecimento, conhecido na região por difundir a cultura holandesa por meio da gastronomia, optou em trabalhar com o prato típico por ser um dos produtos mais pedidos neste período. Já que as sopas holandesas são famosas por serem nutritivas, energéticas e saborosas, são ideais para serem consumidas na estação mais gelada do ano.

Ao lado do Parque Histórico, integram o seleto grupo dos estabelecimentos que participam da Rede Gastronômica, e estão participando do Festival de Inverno: Sandu-it, Virá Charme Resort, Sabor pra vida – confeitaria saudável, Belluno Massas, Empório da Pizza, Premium Vila Velha Hotel, Brauerei Schultz, Vila Coruja Festas, Brioche PG, Restaurante Porto Belo,  Pátio Bella Vista – Hamburguera, Villa Margarida Restaurante, Frederica’s Koffiehuis e Buffet Janines.

Para saborear a deliciosa sopa de ervilha com bacon venha para o Koffiehuis abre de terça a domingo, das 11h às 18h. Mais informações pelos telefones 42 3231-5876 e 98433-4643.

0

Koffiehuis Parque Histórico prepara Banquete Medieval

Noite medieval contará com um cardápio histórico preparado para inserir o público na Idade Média.

O Koffiehuis Confeitaria e Restaurante Parque Histórico de Carambeí, no dia 18 de agosto, às 20h, realizará um Banquete Medieval. Os ingressos para a noite da Idade Média são limitados e estão à venda no Koffiehuis, mais informações pelos telefone 42 3231-5876 e 98433-4643.

A proposta de realizar um jantar da Idade Média é uma sugestão do Núcleo Educativo do Parque, que está organizado a segunda edição da Feira Medieval que acontecerá nos dias 18 e 19 de agosto. A noite temática tem como proposta inserir o público no cenário da Idade Média por meio de cardápio histórico que foi pensado e preparado especialmente para a ocasião.

O Banquete Medieval é uma atividade a parte da Feira, no entanto complementa a experiência do evento que possibilita uma imersão na cultura alimentar medieval. Para preparar o menu foram convidados os chefes de cozinha Viviane Prado e Rafael Leão que irão mostrar ao público um pouco da alimentação dos nobres, pois neste período os plebeus não participava desses rituais.

O historiador e coordenador cultural do Parque Histórico, Felipe Pedroso, explica que o cardápio dos nobres eram primários, pois não havia diversidade de ingredientes para consumo. “A culinária da Idade Média é um tanto rudimentar principalmente porque muitos dos alimentos que hoje fazem parte da dieta tradicional europeia ainda não havia chegado ao continente. Os pratos eram mais simples e a variedade de ingredientes eram limitadas”.

Para o ano de 2018 o Núcleo de História e Patrimônio, do Parque Histórico de Carambeí, desenvolveu o Programa de Cultura Alimentar que por meio de pesquisas irá oferecer um menu diferenciado para cada evento. “O Banquete Medieval irá oferecer um cardápio histórico que despertará inúmeras sensações, vale a pena experimentar”, finaliza o historiador.

0

Parque Histórico abre inscrições para colônia de férias

A Colônia de Férias no Parque será uma ótima oportunidade para a garotada aprender, se divertir e ter contato com o museu.

Férias chegando, as crianças com muita energia para gastar e em casa sem ter muito o que fazer. Pensando neste cenário, o Parque Histórico de Carambeí realizará entre os dias 23 e 27 de julho, das 13h às 18h, uma colônia de férias para receber a turminha que tem entre 6 e 10 anos.

O Núcleo Educativo do Parque Histórico de Carambeí preparou uma série de atividades para receber a criançada. A proposta da equipe é utilizar de meios lúdicos para aproximar as crianças do museu, da história de Carambeí, o resgate de brincadeiras antigas, com a proposta de muita diversão para a galerinha e mostrar que museu é lugar de criança.

Para cada um dos dias foi pensado e definido um tema para as atividades, para que os pequenos possam aprender brincando. Na segunda-feira (23/7) será contada a história da imigração em Carambeí, haverá uma oficina de diversidade étnica, a animada brincadeira de perguntas e resposta com direito a torta na cara. A terça-feira (24/7) será um dia de muita diversão com uma gincana. Já na quarta-feira (25/7) será dia de conhecer brincadeiras antigas. A quinta-feira (26/7) será dedicada a oficina de criatividade e os pequenos aprenderão a confeccionar seus brinquedos. Para encerrar a semana, sexta-feira (27/7) as crianças participarão de uma sessão de cinema, será passado um clássico infantil, após, eles prepararão o seu próprio lanchinho em uma animada oficina de culinária.

As vagas para a Colônia de Férias são limitadas e inscrições só serão realizadas com antecedência, incluso no valor da inscrição estará o lanche das crianças. Mais informações pelo e-mail agendamento@aphc.com.br, ou pelos telefones 42 3231-5063 e 42 98433-4639.

0

Arraiá do Parque terá os sabores tradicionais do campo

Parque Histórico valoriza alimentos típicos da estação para difundir as manifestações culturais brasileiras durante festa caipira.

O Arraiá do Parque, que acontecerá no sábado (7), no Parque Histórico de Carambeí contará com uma praça de alimentação com um vasto cardápio que traz em seus ingredientes produtos da estação e proporcionam ao público uma viagem gastronômica pelo sabor do campo e pela memória afetiva da comida da vovó.

A organização teve como base as pesquisas desenvolvidas pelo Núcleo de Histórica e Patrimônio do Parque Histórico de Carambeí, as quais estão relacionadas ao Programa Cultura Alimentar lançado no início deste ano, para definir os produtos alimentícios que serão comercializados durante a festa caipira.

O coordenador cultural e historiador do Parque, Felipe Pedroso, ressalta o comprometimento da equipe do Núcleo de História e Patrimônio com pesquisa sobre a alimentação e a propagação da tradição à mesa.  “O resgate e a difusão dos sabores tradicionais do campo é uma iniciativa importante vinda de uma instituição focada na preservação das memórias locais. O cultivo de alimentos, as receitas e os preparos são parte imprescindíveis de uma identidade e cultura de um povo e portanto responsabilidade dos museus”

No Arraiá do Parque não poderia ser diferente e como nos outros eventos realizados pela instituição a cultura alimentar se faz presente, e tem seu devido destaque. O festerê terá um cardápio compostos por ingredientes que representam a cultura popular brasileira em temporada das festas juninas e julinas.

“A formação da culinária brasileira deve muito a simplicidade dos modos de vida rurais. Pratos como canjica, pamonha e preparos com amendoim, coco e pinhão são característicos desta estação do ano e simbolizam mais do que simples alimentos, eles representam as manifestações culturais brasileiras dos festejos juninos e julinos pautados principalmente nas raízes campestres e sertanejas”, explica o historiador.

Mais informações pelo telefone 42 3231-5063 e e-mail agendamento@aphc.com.br.

0

Arraiá do Parque será no próximo sábado

Dança de quadrilha, fogueira e apresentação do Grupo Violões de Carambeí integração a programação da festa caipira do Parque Histórico.

No próximo sábado, dia 7 de julho, a partir das 14h, o Parque Histórico de Carambeí realizará o VII Arraiá do Parque, com entrada gratuita. O evento consolidado na região tem o compromisso de preservar e difundir a cultura popular brasileira dos festejos de raiz caipira, por meio da gastronomia, da decoração, da fogueira, das apresentações de dança de quadrilha e músicas de raiz caipira.

A festa caipira, além da praça de alimentação com culinária voltada aos sabores do campo, terá uma vasta programação que contará com apresentações de quadrilhas de escolas da rede pública de ensino de Carambeí. Escolas da cidade de Castro e Ponta Grossa também preparam uma dança especial para o Arraiá do Parque. Os Caipiruchos, grupo de dança formado pela academia Querência Amiga, está preparando uma apresentação para mais uma vez encantar o público do festerê.

A fogueira, com cerca de 15 metros, será acesa com fogos de artifícios por volta das 19h30. O diretor municipal de cultura, Rosnei Rodrigues, preparou um repertório especial com música sertaneja para o Grupo de Violões de Carambeí que animará o evento após às 20h.

Mais informações pelo e-mail agendamento@aphc.com.br, ou pelos telefone 42 3231-5063 e 98433-4639.

Confira abaixo a programação completa do Arraiá do Parque.

 

0

Fogueira de 15 metros será destaque no Arraiá do Parque

Mais uma edição do Arraiá do Parque chegando e a fogueira já é destaque no Parque Histórico de Carambeí. Quem visitar o Parque durante a semana poderá admirar a pira gigante que mede cerca de 15 metros de altura que foi montada especialmente para o festerê que acontecerá no dia 7 julho, a partir das 14h, com entrada gratuita.

O Arraiá do Parque está na VII edição e conta com a maior fogueira da região que sempre é uma das principais atrações do festerê. Por medidas de segurança fogos de artifícios acenderão a pira por volta das 19h30, e mais uma vez a organização do evento pretende encantar o público.

Mais informações pelo e-mail agendamento@aphc.com.br, ou telefones 42 3231-5063 e 42 98433-4639.

0

Parque Histórico recebe atividades do DIA C

Frísia realiza atividades sobre sustentabilidade e cooperação para crianças da rede municipal de ensino.

Em celebração ao Dia C (Dia de Cooperar) o Parque Histórico de Carambeí recebeu alunos de escolas da rede municipal de ensino de Carambeí, que participaram de uma programação especial organizada e realizada pela Frísia Cooperativa Agroindustrial.

As atividades foram norteadas pela temática do evento deste ano, explica Silvia Carneiro Roorda assessora de cooperativismo e marketing da Frísia. “Estamos trabalhando em cima do tema Sociedades Sustentáveis por meio da cooperação, os alunos aprenderão conceitos básicos de sustentabilidade, reciclagem e a importância de trabalhar com o próximo”.

Participaram da atividade alunos do 4º e 5º ano, da rede municipal de ensino, que integram o projeto COOPERJOVEM, um programa interdisciplinar realizado pela Frísia que visa a inserção dos estudantes em uma proposta educacional realizada por meio dos valores do cooperativismo.

As crianças que participaram do Dia C assistiram a uma palestra sobre o tema Sociedades Sustentáveis por meio da cooperação e posteriormente participaram de uma gincana com o intuito de reforçar o que aprenderam. “Atividades como esta contribuem para com o aprendizado dos alunos. Sair da escola para participar de atividades em outro ambiente e atividades com interação como a gincana permitem com que os alunos aprendam brincando”, anima-se Maria Esser, coordenadora educacional da Secretaria de Educação de Carambeí e do programa COOPERJOVEM.

 

Contate-nos

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt