0

VAGA ESTÁGIO SETOR DE ACERVOS

 

O Museu da Associação Parque Histórico de Carambeí anuncia a abertura de inscrições para a contratação de um(a) estagiário(a).

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO

Vaga Disponível:
1 vaga para estudantes do curso de História – Bacharelado

Descrição das Atribuições:

  • Atuar na conservação preventiva de acervo tridimensional e bidimensional;
  • Realizar o arrolamento do acervo;
  • Monitorar o ambiente da reserva técnica e das alas expositivas;
  • Efetuar digitalizações e registros fotográficos do acervo;
  • Auxiliar no Setor de Acervos do Museu em todas as suas atividades.

Disponibilidade:
20 horas semanais de segunda a sexta-feira, com possibilidade de trabalho aos finais de semana para eventuais coberturas de eventos.

Requisitos:

  • Estar cursando do 1º ao 3º ano do curso de História – Bacharelado.

Inscrições:
De 19 de junho a 5 de julho de 2024.

Duração do Contrato:
12 meses, com possibilidade de prorrogação por mais 12 meses.

Contato:
Enviar inscrição e documentos solicitados até a data limite para o e-mail [email protected] com o título “VAGA SETOR DE ACERVOS”.

Documentação Necessária:
Para se inscrever, o candidato deverá enviar os seguintes documentos para o e-mail mencionado:

  • Currículo;
  • Documentos comprobatórios de matrícula e regularidade no curso.

Informações Adicionais:

  • O candidato deve estar regularmente matriculado e frequentando o curso.
  • O estágio terá início a partir da data de assinatura do contrato.
  • Ao final do estágio, o estagiário receberá um certificado.
  • O estagiário receberá, mensalmente, uma bolsa de complementação educacional e vale transporte.

0

VAGA ESTÁGIO SETOR DE COMUNICAÇÃO

O Museu da Associação Parque Histórico de Carambeí anuncia a abertura de inscrições para a contratação de um(a) estagiário(a). As informações detalhadas sobre a vagam estão listadas a seguir:

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO

Vaga Disponível:

1 vaga para estudantes dos cursos de Jornalismo, Comunicação Social, Marketing e Propaganda ou Produção Publicitária.

Perfil Desejado:

  • Excelência na redação em língua portuguesa;
  • Conhecimento do Pacote Office;
  • Boa organização e comunicação;
  • Iniciativa;
  • Habilidade em relacionamento interpessoal e excelente comunicação oral;
  • Competência na escrita e produção de conteúdo;
  • Capacidade de gerenciar múltiplos processos simultaneamente, com organização e cumprimento rigoroso dos prazos.
  1. II) Descrição das Atribuições:
  • Participar na produção, edição e revisão de textos, releases, notas e matérias para imprensa escrita, web, rádio e diversas plataformas;
  • Auxiliar grupos técnicos específicos para representar a instituição;
  • Acompanhar produções editoriais que utilizem a imagem e material do MPHC e de sua mantenedora;
  • Ajudar a gerenciar e monitorar o desempenho das mídias sociais da Instituição;
  • Documentar ações decorrentes das atividades dos setores;
  • Ajudar na organização de eventos de lançamento, inaugurações, palestras e outras atividades promocionais;
  • Colaborar no planejamento e documentação de eventos, exposições e atividades do museu, produzindo conteúdos como fotos, vídeos e textos para posterior divulgação.
  1. II) Sobre a Vaga:
  • Disponibilidade: 20 horas semanais de segunda a sexta-feira, com possibilidade de trabalho aos finais de semana para eventuais coberturas de eventos.
  • Requisitos: Estar cursando entre o 3º e o 4º ano dos cursos de Jornalismo, Comunicação Social, Marketing e Propaganda ou Produção Publicitária.
  • Inscrições: De 19 de junho a 5 de julho de 2024.
  • Duração do Contrato: 12 meses, com possibilidade de prorrogação por mais 12 meses.
  • Contato: Enviar inscrição e documentos solicitados até a data limite para o e-mail [email protected] com o título “VAGA SETOR DE COMUNICAÇÃO”.

Documentação Necessária:

Para se inscrever, o candidato deverá enviar os seguintes documentos para o e-mail mencionado:

  • Currículo
  • Documentos comprobatórios de matrícula e regularidade no curso

Informações Adicionais:

  • O candidato deve estar regularmente matriculado e frequentando o curso.
  • O estágio terá início a partir da data de assinatura do contrato.
  • Ao final do estágio, o estagiário receberá um certificado.
  • O estagiário receberá, mensalmente, uma bolsa de complementação educacional e vale transporte.

0

O Antropoceno e o Museu

O lançamento oficial do GT do Programa Socioambiental do MPHC foi durante a Semana do Meio Ambiente (entre os dias 4 e 7 de junho de 2024). Na foto, Felipe Zainedin Karen Barros e Thiago Dalcol de Quadros.

Vivemos em um período denominado Antropoceno, um evento-limite de conturbações ambientais que sob a influência das ações humanas atinge um ponto crítico e realça os efeitos que causamos na Terra. A desestabilização da biosfera e a constante ameaça da extinção das espécies humanas e não-humanas tem se tornado pauta de cientistas nas últimas décadas. Nos últimos 230 anos, pelo menos, esse efeito tem sido acelerado por mudanças nos meios de produção, pelo avanço tecnológico e pelo conjunto de transformações socioculturais, históricas e econômicas. Em resumo, hoje a nossa forma de vida, a relação com o ambiente e o modo de habitar o planeta afeta a estrutura climática do mundo, provocando aquecimento do clima, secas, degelo, aumento dos níveis dos oceanos, podemos falar em até em ebulição climática.

Portanto, não se trata de algo para futuro, é motivo de preocupação presente. Com várias regiões sendo afetadas e comunidades humanas e não-humanas sofrendo danos que se mostram cada vez mais recorrente.

Museu Parque Histórico de Carambeí, não podendo ficar alheio a essas questões, instituiu a partir do Grupo de Trabalho do Programa Socioambiental, com objetivo duplo: 1°) se tornar uma instituição sustentável; 2°) cumprir sua vocação educacional e social, inspirando soluções sustentáveis para sociedade e promovendo a conscientização ambiental.

Para se aprofundar no assunto e entender sua amplitude, sugerimos as seguintes produções:

CROSBY, Alfred W. Imperialismo ecológico: a expansão biológica da Europa. (900-1900). Tradução de José Augusto Ribeiro. São Paulo: Companhia das Lestras, 2011.

O que é o Antropoceno e por que esta teoria científica responsabiliza a humanide? National Geographic, 13 de julho de 2023. (Redação National GeographicBrasil)https://www.nationalgeographicbrasil.com/historia/2023/01/o-que-e-o-antropoceno-e-por-que-esta-teoria-cientifica-responsabiliza-a-humanidade

PEREIRA, Tiago. A mordomia ambiental cristã é suficiente? Parte 1. Unus Mundus, Belo Horizonte, n. 3, jan-jun, 2024.

PEREIRA, Tiago. A mordomia ambiental cristã é suficiente? Parte 2. Unus Mundus, Belo Horizonte, n. 3, jan-jun, 2024.

TRISCHLER, H. . El Antropoceno, ¿un concepto geológico o cultural, o ambos?. Desacatos. Revista De Ciencias Sociales, 2017, (54), 40–57. https://doi.org/10.29340/54.1739

BIBOTALK; ABC2. O antropoceno e a Igreja. https://bibotalk.com/podcast/o-antropoceno-e-a-igreja-btcast-abc2-044/

0

Museu Parque Histórico de Carambeí terá programação especial durante a Semana de Museus

As atividades do MPHC para o evento museal serão destinadas aos profissionais do setor, acadêmicos de áreas relacionadas a museus, guias de turismo e professores.

O Museu Parque Histórico de Carambeí (MPHC), unido a centenas de instituições culturais brasileiras, participará da 22.ª Semana Nacional de Museus que acontecerá entre os dias 13 e 19 de maio. O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) é o organizador do evento que mobiliza instituições culturais a prepararem uma programação especial norteada por um mesmo tema, nesta edição a temática escolhida é: “Museus, Educação e Pesquisa”.

O MPHC, entre os dias 14 e 17 de maio, estará com uma programação especial que foi preparada para integrar a Semana Nacional de Museus. O Setor Educativo e Cultural organizou as atividades destinadas aos profissionais técnicos que atuam em museus, acadêmicos de áreas relacionadas às instituições culturais, guias de turismos e professores.

“Planejamos a programação voltada para a prática da Educação Museal e ministraremos três palestras. Os temas inspirados na Semana de Museus, são: Fundamentos da Educação Museal, O que é Museu e como ele pode contribuir para a formação humana integral, Educação não formal: possibilidade de atuação em museus. Convidamos os profissionais dos museus da região para uma mesa redonda e debateremos a Educação Museal nos Campos Gerais”, Lucas Kugler, coordenador do Setor Educativo e Cultural do MPHC, apresenta o tema das palestras e do debate entre os museus.

As instituições museais levam conhecimento ao público sobre temas distintos, um percentual desses visitantes são grupos escolares. Kugler, reforça a necessidade do diálogo sobre a educação não formal. “Precisamos promover reflexões sobre teorias educacionais e contribuir para a consolidação deste campo na atuação dos profissionais de museus”.

Serviço:

O Museu Parque Histórico de Carambeí abre para visitação de terça a domingo, das 10h às 17h. Para fomentar a vista e democratizar o acesso ao Museu, entre os dias 14 e 17 de maio, a entrada para visitar o MPHC será gratuita para todos. Grupos deverão agendar com antecedência, mais informações pelo telefone 42 98433 – 4639.

0

VAGA PARA MEDIADOR DE CONTEÚDO NO MUSEU PARQUE HISTÓRICO DE CARAMBEÍ

O Museu Parque Histórico de Carambeí está recebendo currículos para 2 vagas para ocupar cargo de Mediador de Conteúdo.

Formação em História, Geografia, Turismo, Artes Pedagogia ou Museologia.

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO

O Museu Associação Parque Histórico de Carambeí abre inscrições para contratação de profissionais para atuação no Setor Educativo e Cultural, conforme descrito abaixo:

           I) Local : Carambeí – PR

           II) Vaga: Mediador

           III) Vagas Disponíveis: 2 vagas

           IV) Requisitos: Formação em História, Geografia, Turismo, Artes, Pedagogia ou Museologia

           V) Perfil Desejado:

  • Habilidade para trabalhar em equipe
  • Suporte proativo
  • Boa comunicação e oratória
  • Pontualidade
  • Cordialidade
  • IniciativaVI) Qualificações Desejáveis:
  • Conhecimento de metodologias de educação formal e não formal
  • Experiência com oficinas criativas
  • Disponibilidade para atuar aos finais de semana e feriados
  • Diferencial: Conhecimento em Libras, inglês ou espanhol

         VII) Atribuições: 

  • Recepcionar, acompanhar e atender público visitantes
  • Orientar e conduzir visitantes, esclarecendo as normas que regem a visitação
  • Realizar mediação do conteúdo e aplicar atividades educativas e recreativas
  • Zelar pela segurança do acervo, alas museais e do visitante
  • Gravar conteúdo educativo
  • Participação em grupos de estudos para atualizações do trabalhoVII) Disponibilidade:

    40 horas semanaisIX) Inscrições: até 17 de maio de 2024.

  • Para se inscrever, os candidatos deverão enviar o seu currículo para o e-mail [email protected] com o título “VAGA MEDIAÇÃO”

 

 

0

7ª Páscoa no Parque terá programação especial

Com decoração e brincadeiras tradicionais dos imigrantes, contação de histórias e um cardápio especial, o Museu se prepara para receber o público no domingo da Páscoa.

O Museu Parque Histórico de Carambeí (MPHC) organiza a sétima edição da Páscoa no Parque. O evento será no domingo pascal, dia 31 de março, e proporcionará ao público a vivência das tradições festivas da comunidade de imigrantes.

Na Páscoa o MPHC abrirá normalmente, das 10h às 17h. O Koffiehuis Confeitaria e Restaurante, a partir das 12h, servirá um cardápio especial de almoço preparado para a data comemorativa. Opções de tortas doces e porções de petiscos típicos da culinária indo-holandesa estarão disponíveis para venda das 10h às 19h.

A decoração do Museu será preparada especialmente para a data e apresentará a Osterbaum, um símbolo pascal da cultura germânica, uma árvore com galhos secos decorados com ovos coloridos, que representa a Páscoa cristã.

Para o público infantil será organizada uma tarde de muita diversão. A Zoek de Eiere, tradicional e animada caça aos ovos pelos jardins das alas museais, chegou em Carambeí com os imigrantes holandeses e alemães. Crianças até 10 anos poderão participar, não haverá inscrição prévia, a caça aos ovos acontecerá em dois horários: às 14h e às 16h.

No memorial, que fica na Vila Histórica, às 15h haverá contação de histórias.

 

Serviço:

O Museu Parque Histórico de Carambeí abre para visitação de terça a domingo, das 10h às 17h. No domingo de Páscoa, crianças até 10 anos terão acesso gratuito ao Museu, mais informações e valores de ingresso no site www.aphc.com.br.

0

O termo Museu foi incorporado a marca do Parque Histórico de Carambeí

A mudança visa mostrar ao público a Instituição como um espaço de salvaguarda e proteção da memória.

O Museu Parque Histórico de Carambeí (MPHC), fundado em 2001, é considerado o maior museu de tipologia histórica a céu aberto do Brasil. Construído em uma área de 100 mil metros quadrados, com uma ampla área de jardim integrado às alas museais que unido à nomenclatura, que não levava o título de museu, mas de parque, gerava confusão ao público que não o reconhecia como instituição de memória.

Como parte dos apontamentos apresentados na elaboração do Plano Museológico, um planejamento estratégico que norteará as ações realizadas nos próximos 10 anos, a apresentação da Instituição como Museu deverá estar presente em sua marca.

Os elementos principais da identidade visual, criada em 2009, representada pelo lavrador com o arado, remete a uma poesia neerlandesa sobre o trabalho árduo no campo e da fé, o que está intimamente ligada à comunidade holandesa de Carambeí.

A identidade da Instituição foi preservada, os símbolos permanecem, e a nova nomenclatura é: Museu Parque Histórico de Carambeí.

Serviço:

No ano de 2023, 158.034 mil pessoas visitaram o Museu, sendo 35.627 mil visitas gratuitas. Entre os anos de 2014 e 2023 a Instituição recebeu 1.102.424 visitantes. Com o perceptível crescimento na visitação anual, notou-se a necessidade de reestruturação e em 2023 iniciou o processo que é acompanhado por uma consultoria técnica em museologia. No decorrer da reorganização serão apresentas outras mudanças para melhoria do MPHC.

0

Associação Parque Histórico realizou Assembleia

Em Assembleia Geral Ordinária e Extraordinárias a Associação Parque Histórico presta de contas das atividades realizadas em 2023, define nova logomarca, institui a criação do Museu e aprova Política de Gestão de Acervos.

A Associação Parque Histórico de Carambeí (APHC), no dia 6 de março, reuniu sócios fundadores e sócios colaboradores para a Assembleia Geral Ordinária (AGO), referente as atividades realizadas no ano de 2023. Na ocasião, aconteceram duas Assembleias Extraordinárias, consecutivas, que pautaram a criação do Museu Parque Histórico de Carambeí (MPHC) e Política de Gestão de Acervos da instituição.

O relatório de atividades realizadas em 2023, apresentação e aprovação do balanço referente ao mesmo ano, o parecer e aprovação das contas pelo Conselho Fiscal, o orçamento para o ano de 2024 foram pautas na AGO. O espaço de memória está em processo de restruturação. Com a elaboração do Plano Museológico, que direcionará as atividades nos próximos 10 anos, notou-se a necessidade de alterar a marca e incluir a palavra Museu na mesma, os participantes votaram a favor.

Foi identificado a necessidade de elaborar e aprovar em ata, com votação dos sócios fundadores e sócios colaboradores, a criação do Museu dentro das instâncias de decisão da Associação Parque Histórico de Carambeí. Em Assembleia Geral Extraordinária (AGE), os presentes deliberaram a criação retroativa, do ano de 2001, na data em que foi fundada a ala museal Casa da Memória. Deste modo, atende ao que explicita a legislação museológica e segue as orientações dos órgãos da área, em especial Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM).

Seguindo a Lei n° 11904/2009, Decreto n° 8.124/2013, o código de ética do Conselho Internacional de Museus (ICOM), Lei n° 8.159/1991, Decreto n 4.073/2002, normativa CONARQ n° 40, de 9 de dezembro de 2014, normativas IBRAM, Internacional Council of Museums — Ccomittee for Conservation (COM-CC), constituição brasileira, convenções, declarações e normativas internacionais que visam a proteção e preservação do patrimônio, foi apresentada e votado a favor da Política de Gestão de Acervos elaborada para o Plano Museológico. Este documento, cujo objetivo, é regular o processo de incorporação, desincorporação e circulação dos acervos museológicos, arquivísticos e bibliográfico, estabelecendo critérios e procedimentos.

O presidente da APHC, Dick Carlo de Geus, agradeceu a equipe do Museu pelo trabalho desempenhando. O MPHC, de 2014 até 2023, recebeu 1.102.424 visitantes e é perceptível o crescimento, há necessidade de reestruturação, esse processo é acompanhado por uma consultoria técnica em Museus.

0

Exposição do Museu Parque Histórico retrata o aconchego da casa dos imigrantes holandeses

 

Situado na Casa da Memória, o espaço expositivo “Gezellig – A arte do aconchego” representa uma sala holandesa, e seu ambiente aconchegante nos permite vivenciar o significado desta palavra. Felipe Pedroso, responsável pela exposição, explica que “Gezellig é uma expressão em língua neerlandesa, um conceito que não tem uma tradução direta para o português. Esta manifestação cultural incorpora um sentimento de aconchego, conforto, intimidade e convivialidade. Desta forma, o conceito expresso na reprodução da decoração de uma casa holandesa está relacionado a um ambiente acolhedor, confortável e convidativo”.

O cenário, cujo objetivo é transportar o público para a casa da oma (avó em neerlandês), é composto por peças do acervo institucional que foram escolhidas cuidadosamente para reproduzir este ambiente.

Pedroso relata que a identidade da exposição é baseada no “uso de cores quentes e aconchegantes que transmitem uma sensação de calor e conforto. Iluminação suave para criar uma atmosfera acolhedora e relaxante. Tecidos macios e texturas agradáveis, peças e móveis antigos, que tenham uma história e tornam o ambiente original e único, além dos detalhes pessoais que criam uma atmosfera mais íntima e acolhedora”.

Mais informações e agendamento de grupos pelo telefone 42 98433-4639.

0

Museu Parque Histórico organiza VII Carnaval no Parque

 

Com atividades destinadas ao público infantil e Carnaval de Sabores, o museu se prepara para receber os visitantes no feriado prolongado.

 A sétima edição do Carnaval no Parque está chegando. Acontecerá entre os dias 10 e 13 de fevereiro, das 14h às 17h. O evento, organizado pelo Museu Parque Histórico de Carambeí, é estruturado para receber o público que busca por passeios culturais e foge dos grandes centros no feriado de Carnaval.

O setor Educativo Cultural do museu realizará oficina de máscaras e contação de histórias, as quais serão ludicamente preparadas para atender o público infantil e proporcionar diversão em família. As atividades serão gratuitas e acontecerão na entrada da instituição museal, no jardim ao lado da ala museal da Casa da Memória.

 

Carnaval de Sabores

Durante o feriado prolongado, o Koffiehuis Confeitaria e Restaurante Parque Histórico de Carambeí servirá um cardápio especial no almoço e realizará mais uma edição do Carnaval de Sabores. Mais informações sobre o menu pelo telefone 42 98433 – 4643.

 

Serviço:

Entre os dias 10 e 14 de fevereiro o Museu Parque Histórico de Carambeí abrirá normalmente, das 10h às 17h. No sábado e domingo, dias 10 e 11 de fevereiro, a entrada para visitar as alas museais será R$30,00, a meia-entrada R$15,00, crianças até 6 anos e moradores de Carambeí com cadastro válido são isentos. Nos dias 12, 13 e 14 de fevereiro a entrada será gratuita para todos. Mais informações e agendamento de grupos pelo telefone 42 98433 – 4639.

Contate-nos

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support