BATAVO: Indústria de processamento de leite será inaugurada nesta quinta

 In Clipping

A Batavo Cooperativa Agroindustrial inaugura, nesta quinta-feira (15/09), às 15h, a Indústria de Processamento de Leite Frísia, em Ponta Grossa, na região paranaense dos Campos Gerais. O governador Beto Richa participa da na solenidade. O superintendente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken, também vai prestigiar o evento. O novo empreendimento vai operar com capacidade inicial de processamento total de 650 mil litros de leite por dia, marcando a retomada da Batavo ao mercado de derivados lácteos. Criada em 1925 por sete produtores imigrantes de origem holandesa, a cooperativa vinha focalizando-se apenas na produção agropecuária para a comercialização de commodities desde 1951, quando formou-se a Central de Laticínios de Paraná Ltda. – atualmente incorporada à BR Foods. Os investimentos na nova indústria de processamento de lácteos somam R$ 40 milhões, na primeira fase, e mais R$ 20 milhões na segunda fase. A Frísia deverá gerar inicialmente 85 empregos diretos e outros 510 indiretos.

Rastreabilidade – A nova indústria da Batavo vai seguir o mesmo processo produtivo rigoroso de rastreabilidade do leite, que transformou a cooperativa em sinônimo de produção com qualidade. No local será industrializado o leite dos associados da cooperativa, até então vendido como commodity. A entrada no varejo não tem data prevista, mas seus produtos serão comercializados por meio de parcerias com outras indústrias, mantendo a marca dos respectivos parceiros. A linha de produtos inclui leite pasteurizado integral, semi-desnatado e desnatado, creme de leite pasteurizado e cru, leite concentrado integral, semi-desnatado e desnatado, alem de leite cru resfriado. Na segunda fase, serão produzidos leite condensado e leites longas vida. O faturamento bruto anual estimado do novo empreendimento é de R$ 129.600.000,00.

Automatização e sustentabilidade – A indústria está automatizada com tecnologia Tetra Pak, líder mundial em soluções inovadoras de processamento e envase de alimentos, o que permitirá que os produtos cheguem a lugares distantes com qualidade e segurança. “Alinhados aos valores da Batavo, a moderna indústria de leite Frísia permitirá a produção de alimentos sempre com a responsabilidade em reduzir os impactos ambientais, construindo um futuro melhor para todas as partes interessadas, desde nossos associados, colaboradores, fornecedores, parceiros comerciais, até a comunidade”, destaca ainda o presidente da cooperativa, Renato Greidanus.

Origem da marca – O nome Frísia vem de uma região da Holanda de onde vieram muitos dos imigrantes que colonizaram Carambeí (PR). Também tem origem nos primeiros gados leiteiros P.O (Puros de Origem) da raça holandesa, que foram responsáveis pelo melhoramento genético e aumento da produtividade e qualidade do leite nos Campos Gerais do Paraná.

Fonte:

Ocepar

Leia também em:

STCP

Recommended Posts

Leave a Comment

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text. captcha txt