Lazer na Colônia Carambehy é tema de documentário do Parque Histórico

 em Destaque

Imigrantes holandeses e descendentes relembram dos piqueniques e acampamentos realizados pela comunidade.

Por meio do acervo fotográfico e da metodologia da história oral, que são relatos feitos por pessoas que vivenciaram um determinado tema, o Núcleo de História e Patrimônio do Parque Histórico de Carambeí resgata uma parte importante da história da Colônia Carambehy. A pesquisa resultou em um documentário de curta duração sobre o lazer dos imigrantes e descendentes.

A terceira idade da comunidade holandesa de Carambeí contou como eram os momentos de lazer na colônia, o passatempo preferido era quando todos se reuniam em acampamentos e piqueniques. Essas atividades de lazer resultou na escolha do nome que batizou o documentário – Kamperen, é uma palavra de origem holandesa que significa acampamento.

“O documentário de curta duração gravado pelo museu com holandeses e descendentes aborda relatos de pessoas que vivenciaram os piqueniques e os acampamentos no início da colônia Carambehy. É uma forma de transpor em outras mídias a exposição física montada no museu, além disso, o museu se aproxima da comunidade local, dando vozes aos seus sujeitos históricos”, explica Felipe Pedroso, historiador e coordenador cultural do Parque Histórico.

A pesquisa realizada pelo Núcleo de História e Patrimônio resultou em uma mostra fotográfica, montada na Casa da Memória a primeira ala museal do Parque, que abre ao público de terça a domingo, das 11h às 18h, com entrada gratuita. Para democratizar o acesso também foi feita uma exposição virtual que está disponível no site do Parque Histórico (http://www.aphc.com.br/kamperen/).

 

Clique aqui para assistir ao documentário.

Postagens Recomendadas
Contate-nos

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt